sábado, 16 de maio de 2015

MUSICAS DA ANGÉLICA COMEÇADAS COM A LETRA O

O BOM E O VELHO ROCK'N ROLLAngélica (1991)
Eu era bem pequena
Quando um dia minha mãe me chamou
Ligou o som da sala
E de repente tudo se transformou
A minha irmã mais nova que dormia
Logo se levantou
De chupeta e mamadeira na mão
Caiu na dança e gostou
O tempo se passou
O que era doce não se acabou
Aquele ritmo quente
Que mexia com a gente
Continua no ar
Pega logo o seu par
A nossa festa vai começar
É só fazer o que eu faço
Marque bem o compasso
Vamos juntos contar
Agora é 1, 2, 3
Esqueça a timidez
Faça um rodopio no meio do salão
Que o rock vai batendo
No pique do seu coração
E agora 1, 2, 3
Chegou a sua vez
Você não vai querer mais parar
No bom e velho rock'n roll
A gente vai arrasar.
O CALHAMBEQUEAngélica (1989)
Mandei meu cadilaque pro mecânico outro dia
Pois há muito tempo um conserto ele pedia
E como vou viver sem um carango pra correr
Meu cadilaque, bi bi
Quero consertar meu cadilaque
Com muita paciência
Um rapaz me ofereceu
Um carro todo velho que por lá apareceu
Enquanto o cadilaque consertava
Eu usava o calhambeque, bi bi
Quero buzinar o calhambeque
Saí da oficina um pouquinho desolado
Confesso que estava até um pouco envergonhado
Olhando para o lado
Com a cara de malvado
O calhambeque, bi bi
Buzinei assim o calhambeque
E logo um garoto fez sinal para eu parar
E no meu calhambeque fez questão de passear
Não sei o que pensei
Mas eu não acreditei
Que o calhambeque, bi bi
O broto quis andar no calhambeque
E muitos outros brotos que encontrei pelo caminho
Falaram que estouro, que beleza de carrinho
E fui me acostumando
E do carango fui gostando
O calhambeque, bi bi
Quero conservar o calhambeque
Mas o cadilaque finalmente ficou pronto
Lavado, consertado, bem pintado, um encanto
Mas o meu coração na hora exata de trocar
O calhambeque, bi bi
Meu coração ficou com o calhambeque

O SAL DA TERRA (participação JOTA QUEST)Angélica (1999)
JOTA QUEST
Anda, quero te dizer nenhum segredo
Falo desse chão, da nossa casa, vem que tá na hora de
arrumar...
Tempo, quero viver mais duzentos anos
Quero não ferir meu semelhante, nem por isso quero me
ferir...
Vamos precisar de todo mundo prá banir do mundo a
opressão ...
Para construir a vida nova vamos precisar de muito
amor...
A felicidade mora ao lado e quem não é tolo pode ver
A paz na Terra, amor, o pé na terra
A paz na Terra, amor, o sal da...
ANGÉLICA
Terra, és o mais bonito dos planetas
Tão te maltratando por dinheiro, tu que és a nave
nossa irmã
Canta, leva tua vida em harmonia
E nos alimenta com teus frutos, tu que és do homem a
maçã
Vamos precisar de todo mundo, um mais um é sempre mais
que dois
Prá melhor juntar as nossas forças é só repartir
melhor o pão
Recriar o paraíso agora para merecer quem vem depois
Deixa nascer o amor
Deixa fluir o amor
Deixa crescer o amor
Deixa viver o amor
O SHOW TEM QUE CONTINUAR (filme UM SHOW DE VERÃO)
Liga a luz,
aumente o som
ser feliz é muito bom
deixa a música,
deixa a música rolar
Curtir,sonhar,
cantar,dançar,
o amor está no ar
deixa a música
deixa a música rolar
Se você quiser
pode acontecer
tudo que é você
{yeah}
tudo pode ser
tudo pode ser
A vida é um show
pra quem quer viver
chama pra dançar
{yeah}
dança pra valer
tudo pode ser
tudo pode ser
Refrão(2x)
ooooooooo
ooooo
ooooooooo
ooooo
deixa a música rolar
o show tem que continuar

O SOL TAMBÉM É MEUAngélica (1998)
A gente nasce livre
Só pensa em ser feliz
E tudo o que é bom, se a gente quiser
Tem que meter o nariz
Acordo todo dia
E olho pro céu
Parece que tem o dedo de alguém
Fazendo tanta magia
Na vida o maior segredo
tá dentro da imaginação
A gente não pode ter medo
Não existe assombração
E quem acredita no sonho
Na vida nunca está só
Depende somente da gente
Pra fazer o nosso mundo bem melhor
Tchururu
Eu quero ser feliz
Tchururu
O sol também é meu
Tchururu
O sonho faz voar
É só acreditar

O VERDE É NOSSO (participação TATAU-ARA KETU)Angélica (1999)
ANGÉLICA
Madeira!
Estou perdida na floresta, quem é que vai me encontrar?
Pois estou vendo tanta coisa de ruim
Eu não consigo acreditar
Estou vendo serra elétrica, estou vendo lenhador
Tô vendo gente derrubando por aqui, o que nunca plantou
Madeira, olha a madeira!
Madeira, olha a madeira!
Parada eu não vou ficar
Não vou cruzar os braços e ver o verde acabar
Parada eu não vou ficar, não
Não vou cruzar os braços e ver o verde acabar
Güenta ai, pera lá
Olha o nosso verde
Vamos preservar, preservar, preservar, preservar
Güenta ai, pera lá
Olha o nosso verde
Vamos preservar, preservar, preservar
E dá-lhe 1, e dá-lhe 2 e dá-lhe 3
Dá-lhe, dá-lhe todo mundo de uma vez
E dá-lhe 1, e dá-lhe 2 e dá-lhe 3
Dá-lhe, dá-lhe todo mundo de uma vez
TATAU - ARA KETU
Estou perdido na floresta, quem é que vai me encontrar?
Pois estou vendo tanta coisa de ruim
E não consigo acreditar
Estou vendo serra elétrica, estou vendo lenhador
Tô vendo gente derrubando por aqui, o que nunca plantou
Sai de baixo que lá vai
Madeira, olha a madeira!
Madeira, olha a madeira!
Parado eu não vou ficar
Não vou cruzar os braços e ver o verde acabar
Parado eu não vou ficar, não, não, não
Não vou cruzar os braços e ver o verde acabar
Agora vem comigo!
Güenta ai, pera lá
Olha o nosso verde
Vamos preservar, preservar, preservar, preservar
Güenta ai, pera lá
Olha o nosso verde
Vamos preservar, preservar, preservar
E dá-lhe 1, e dá-lhe 2 e dá-lhe 3
Dá-lhe, dá-lhe todo mundo de uma vez
E dá-lhe 1, (Agora todo mundo) e dá-lhe 2 (Tá bonito!) e dá-lhe 3
Dá-lhe, dá-lhe todo mundo de uma vez
ANGÉLICA E TATAU - ARA KETU
E dá-lhe 1, (Simbôra Angélica) e dá-lhe 2 e dá-lhe 3
Dá-lhe, dá-lhe todo mundo de uma vez
(Todos unidos na preservação da floresta)
E dá-lhe 1, (Vamô lá) e dá-lhe 2 (dá-lhe 2) e dá-lhe 3
(Tô com você é não abro)
Dá-lhe, dá-lhe todo mundo de uma vez
Dá-lhe, dá-lhe todo mundo (Dá-lhe todo mundo)
Dá-lhe, dá-lhe todo mundo de uma vez (Todos nós)
Madeira!

OOH  LA LA, EU VOU GANLHAR VOCÊAngélica (1990)
Ooh la la ooh la la, eu vou vou ganhar você
De repente eu olhei e você chegou
Fez uma cara de quem viu e não gostou...
Que gatão... pensei... você... nem sinal
Fez pouco caso de mim! Tá legal...
Espera só, quando eu fico a fim
Eu viro fera, aí, vou até o fim...
Miau, seu gato, vou que vou te arranhar...
Você vai ver...
Quem mandou me provocar?
Eu planejei bem, pra não falhar
De te encontrar, por coincidência, o que é que tem?
- Oi! Tudo bom!Você lembra uma vez que...
Oh não! Fez que não reconheceu!
- Aonde que foi? Nem se lembrou!
Zombou do meu coração, dei um tremendo show;
Até chorei... Essa foi demais: ele vai ver do que é que sou capaz!
Ooh la la ooh la la, eu vou vou ganhar você
Mudança total um outro visual...
Um pouco tímida... Algo sensual...
- Dessa vez não tem como me resistir...
Esse gato não vai me escapulir!
Qual o que, não perdoou nem minha melhor amiga...
É... Me arrasou!
Vivo vendo os dois por aí...
Mas finjo que não vi
Ooh la la ooh la la, Eu vou vou ganhar você
Mas agora... Hum... Vou abrir meu coração:
- Ouve
- É por isso que eu gravei esta canção e não me mude de estação!
- Paixão... Vou ganhar você! Cê tá me escutando?
- Não vá dizer que não gostou dessa canção
- Tá quase no fim. Não esqueça de mim!
- É verdade o que eu tô dizendo: Te amo
...É bom...
Decididamente é bom sonhar!
Ooh la la, ooh la la, eu vou vou ganhar você

OS NUMEROSAngélica (1991)
Os números eu não agüento não
A matemática virou perseguição
Já é demais, tudo o que a gente faz
Fica por conta dos números
A gente fala por número?
A gente é um número?
Quanto se ganha?
Quanto se perde?
Quanto que custou?
Quanto foi que rolou?
E quanto eu levo nisso?
E quanto a gente tinha?
E quanto eu levo nisso?
É mais ou menos isso
Um milhão e quatrocentos mil pessoas
Se parecem com você
Tem um que que não sei o que
Tem um CIC, um RG
Sou um só, você é você
25, 35, 33, 105, 106
Não somos números, mas somos livres
Não somos números, mas somos livres
3x5 = 35. 3x3 = 33. 2x8 = 28. 10x9 = 19
2x2 = 22. 3x7 = 37. 2x4 = 24. 3x3 = 33
Os números eu não agüento não
A matemática virou perseguição
Quanto me dão?
Diga quanto me darão
Que horas chega o avião?
Por favor que horas são?
Quantos quilômetros nós temos que rodar
Até a gente se libertar?
E daí como será?
Como será?
Quem é que pode calcular?
25, 35, 33, 105, 106
Não somos números, mas somos livres
Não somos números, mas somos livres
3x5 = 35. 3x3 = 33. 2x8 = 28. 10x9 = 19
2x2 = 22. 3x7 = 37. 2x4 = 24. 3x3 = 33
Os números eu não agüento não
A matemática virou perseguição
Os números! Os números! Os números!
Não somos números, mas somos livres
Não somos números, mas somos livres
Números! Números! Não! Chega!